• (14) 3662-2155

Cinco medidas para prevenir carunchos e traças do cereal

Com a chegada do verão, esses bichinhos não perdoam. Olhamos os pacotes do produto de perto e eles estão cheios de pequenos insetos escuros, andando apressados. Pior ainda é quando quem aparece são as larvas branquinhas, absolutamente desagradáveis.
Esses insetos não fazem mal à saúde humana, mas podem provocar prejuízos de várias formas. Em primeiro lugar, a imagem da loja ou da marca do produto podem ficar seriamente abaladas.
A Cerealista Milani sempre troca prontamente os seus produtos sem nenhum custo para o varejista, mas nem todas os fornecedores fazem o mesmo, o que pode gerar transtornos. Pode ser custoso para a loja isolar as mercadorias contaminadas, quando se tratam de grandes quantidades e de um prazo longo para a próxima entrega. Além disso, nem sempre é viável realizar a troca, o que pode acarretar na perda completa do produto.

 

 

Foto de Laurie Kinight, vencedora de um concurso da Olympus.

 

Vejamos 5 sugestões para fugir do prejuízo com traças e carunchos:

 

1- Isolar produtos contaminados: Caso seja detectada alguma dessas pragas, a primeira coisa a fazer é avaliar cada embalagem e isolá-las do estoque. É importante separar também as embalagens que tiveram contato com as contaminadas. O local de armazenagem de produtos contaminados deve ser distante do estoque e de fácil limpeza.

 

2- Limpar a área: Os produtos de limpeza mais comuns, como detergentes e cloro, são capazes de retirar os ovos de caruncho ou traça que ficam na superfície. Numa área de onde foi retirado produto contaminado, especialmente nas gôndolas, é indicado passar um pano com cloro ou álcool 70° ao final da limpeza.

 

3- Manter o estoque seco e fresco: Calor e umidade são as condições ideais para que os ovos de caruncho ou larva eclodam. Por isso é importante evitar tais condições nos depósitos, mesmo que por algumas horas. Telhados baixos, que ficam próximos às pilhas de mercadorias, podem provocar temperaturas bastante altas nas horas mais quentes do dia.

 

4- Dedetização é uma opção: É cada vez mais raro nos depósitos modernos, mas pode haver pisos ou paredes com frestas difíceis de limpar. Os pallets também podem se tornar uma fonte de infecção. Nesse caso, é possível tratar as superfícies com inseticidas a base de piretróides. Mas, atenção! Essas são substâncias perigosas, de modo que é indicado buscar uma empresa de dedetização séria. Uma forma segura de tratar essas superfícies é o uso de terra de diatomáceas, um mineral inerte, que não contamina alimentos, e que é capaz de desidratar e matar os indivíduos adultos, prevenindo futuras infestações.

 

5- Escolher a procedência: Embora a contaminação dos produtos possa ocorrer em qualquer momento, indústrias que não tomam as precauções sanitárias adequadas são muito mais propensas a apresentar produtos contaminados. As chances de infestação do estoque da loja também são aumentadas no caso de produtos que passam por vários atravessadores ou que vêm de fornecedores muito distantes, dificultando as trocas e aumentando o tempo no estoque.

 

Veja também: Descobrindo um pouco sobre carunchos e traças dos cereais