• (14) 3662-2155

Strogonoff do Milani

Strogonoff do Milani

O strogonoff é uma receita russa tradicional, mas, aqui no Brasil, ganhou outros ares: barato, prático e saboroso. É o queridinho dos estudantes e sempre surge quando queremos receber amigos. Nossa versão compica um pouco as coisas, mas garanto que o sabor vale a pena!

Ela se baseia no deglacé,  uma técnica da cozinha francesa que você vai querer usar sempre! Ela consiste em aproveitar aquela crostinha douradinha que fica no fundo da panela, que é deliciosa. Ela adiciona sabor à comida e ainda limpa a panela (olha a praticidade aí).

Para essa receita, a carne pode ser qualquer corte, desde que seja razoavelmente macio e que quase não tenha gordura. Pode ser patinho, acém, miolo de paleta ou até o famoso filé mignon.

  • 500g de carne em cubos
  • ½ cebola picada em cubos
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 fio de azeite ou óleo
  • Creme de leite fresco ou nata 
  • 1 lata de tomates pelados
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • Cachaça ou conhaque

Numa grande panela ou frigideira de fundo grosso, aqueça bem o azeite e derreta a manteiga. O azeite é importante para não deixar a manteiga queimar. Despeje a carne e refogue até dourar, formando uma crosta dourada no fundo da panela. É importante que essa crosta não queime. Ela deve ficar dourada, não preta. Se passar do ponto, lave a panela e retorne a carne para fritar mais um pouco.

Uma vez dourada a carne, com a panela muito quente e fogo alto, despeje o conhaque ou a cachaça. A panela espirrará um pouco, fará um chiado e soltará muito vapor. É normal. Aliás, é normal que a bebida pegue fogo dentro da panela, depois de esquentar um pouco. Não se assuste, o fogo apaga logo e não vai queimar a comida. Dentro da panela, ele está seguro.

É aí que a mágica acontece: a crosta que estava no fundo da panela se solta e ela fica limpinha.

Despeje o creme de leite, mexa bem e deixe mais um tempo no fogo para reduzir (perder água e engrossar). Durante esse tempo, adicione os tomates (de preferência sem o caldo), o sal e a pimenta.

Depois que o molho estiver grosso, está pronto! Já pode se deliciar com o aroma e o sabor inconfundíveis desse strogonoff, que não tem a acidez excessiva do ketchup ou molho pronto e sem aquele fundo enjoativo do creme de leite enlatado.

Sirva com um arroz branco, salada e aquela batata palha que nós brasileiros adoramos.